¿Dónde quiere viajar?


Viajes encontrados :0

ORDENAR POR
 
Lo sentimos, no hay resultados para la zona seleccionada, por favor, no dude en realizar una nueva búsqueda

Circuitos no Uzbequistão

Um circuito pelo Uzbequistão equivale a fazer uma viagem à Ásia Central. Convidamos você a descobrir cidades mágicas como Samarcanda, conhecer os grandes monumentos que ladeavam a mítica Rota da Seda, maravilhar-se com algumas das mesquitas mais imponentes no mundo, como as que há em Bucara ou em Tashkent, e atravessar paisagens que farão você se sentir como um explorador de outros tempos. Nossos circuitos no Uzbequistão oferecem tudo isso.

Fazer turismo no Uzbequistão significa viajar através de um território onde, a curta distância uma das outras, você vai encontrando cidades declaradas Patrimônio Mundial. Lugares cujos monumentos refletem um passado glorioso que nem mesmo os longos anos de ocupação soviética conseguiram dissipar. O fato é que várias pessoas antes de você fizeram esta viagem para o Uzbequistão, nomes tão lendários como Alexandre, o Grande e Genghis Khan, além de muitas figuras anônimas que lá chegaram seguindo a florescente Rota da Seda que, durante séculos, foi o elo de ligação entre o Oriente e o Ocidente.

Tashkent, a capital uzbeque

Todos os circuitos pelo Uzbequistão começam em Tashkent, a capital do país e principal via de entrada, pois lá se encontra o Aeroporto Internacional desta república da Ásia Central.

Aproveite a viagem para Tashkent e deixe-se surpreender por esta cidade desconhecida, mas extremamente atraente. Sugerimos que você dê um passeio por seu monumental centro histórico, onde vai admirar uma série de madraças ou escolas corânicas, algumas tão antigas como a Madraça Kukeldash, construída no século XVI, e outras, reconvertidas em um interessante Museu de Artes Aplicadas, como a Madraça Abdul Kasim. Em nossos roteiros no Uzbequistão, você logo se dará conta que se trata de um país islâmico, e, de fato, em Tashkent encontra-se a mesquita Hazrati-i Imam, que abriga o Corão mais antigo do mundo, que data do século VII.

Todos os nossos passeios por terras uzbeques têm uma parada destacada em Bucara (ou Bukhara) - Buxoro em uzbeque. Uma cidade que requer vários dias de visita, fato que levamos em conta em todas nossas viagens para o Uzbequistão, porque sabemos que há muito para ver.

Começamos pela famosa mesquita Kalon, com 288 cúpulas e um imponente minarete de quase 50 metros de altura que muito impressionou o famoso conquistador Genghis Khan. É possível passar horas contemplando as mesquitas e madraças de Bukhara. Mas há muito mais para ver, como o mausoléu do emir Ismail ibn Ahmad, construído no século X, ou a cidadela da Arca que, desde o século V, resistiu a tudo, exceto ao bombardeio soviético de 1920.

A mítica Samarcanda

Nenhum circuito turístico no Uzbequistão é completo sem uma parada em Samarcanda (ou Samarkand). Esta cidade é Patrimônio Mundial da Humanidade e um dos lugares mais magníficos da Rota da Seda, que você provavelmente já deve ter visto em filmes e documentários. Este local está sempre envolvido por uma aura de lenda muito difícil de descrever e que só pode ser sentida ao chegar lá.

Qualquer estadia em Samarcanda começa em seu epicentro mais monumental: a praça Registan. Um grande espaço aberto onde se encontram as madraças de Ulugh Beg, de Sherdar e de Tilla-Kari. Qualquer uma delas está entre os melhores expoentes da arte histórica uzbesque, com suas cúpulas turquesa e mosaicos brilhantes em tons de azul, verde, branco e dourado.

Mas a viagem para Samarcanda apenas começou. Você ainda precisa ver o Observatório Astronômico, a necrópole de Shakhi Zinda, várias mesquitas, como a de Bibi Hanim, o mercado de Siyob, onde você pode provar os sabores mais tradicionais da comida uzbeque e, certamente, o Mausoléu de Tamerlão, também conhecido como Timur, que foi o último grande conquistador nômade. Um personagem com uma vida tão fascinante quanto o mausoléu em que repousa.